Para emagrecer: aeróbico antes ou depois da musculação?

aeróbico antes ou depois da musculação

Fazer exercícios aeróbicos é fundamental para quem deseja perder peso, pois eles utilizam como principal fonte de energia a gordura do nosso corpo. E para quem tem o mesmo objetivo e também pratica musculação, as atividades que visam o gasto calórico devem ser acrescentadas de maneira planejada, para que uma não interfira no resultado da outra.

Aeróbico antes da musculação

Muitos frequentadores de academias que buscam emagrecer têm dúvida se correr na esteira, fazer a aula de ginástica ou o treino de luta depois da musculação vai atrapalhá-los no processo de eliminação das gordurinhas a mais.

Alguns profissionais de educação física afirmam que a primeira atividade deve ser aquela condizente com o objetivo. Ou seja, quem quer mandar embora os quilos extras deve priorizar o treino aeróbico antes do muscular, uma vez que sempre haverá queda de rendimento no exercício a ser feito depois, pois o nosso músculo estará fadigado e, logo, estaremos mais cansados.  E, sim, isso pode atrapalhar o resultado final e a quantia de calorias queimadas, já que não faremos a atividade aeróbica com “força total”.

Aeróbico depois da musculação

No entanto, também há hipóteses de que fazer o exercício aeróbico depois da musculação seja mais eficaz para quem quer perder os “pneuzinhos”, já que durante o treino de força os estoques de glicogênio (energia) se esgotam, e então o corpo passa a utilizar gordura para produzir a energia necessária à prática da atividade aeróbica, dependendo, entretanto, de outros fatores do nosso tipo de treino.

Musculação emagrece

Como não existe consenso para essa questão, é importante perceber o que funciona melhor para nós e ter o acompanhamento de um bom profissional, que irá avaliar nosso treino e o que se encaixa melhor a ele. A pergunta que fica é se a musculação também ajuda a emagrecer, independente de ser feita antes ou depois do treino.

A atividade de musculação pode ajudar a emagrecer, sim, uma vez que é uma atividade física e ajuda no aumento de gasto energético. Isso porque o treino de musculação provoca microlesões e desgastes nas fibras e vias energéticas do músculo, que por sua vez demandará um pós treino muito mais intenso para atuar na reconstrução deste músculo. Assim, o corpo gasta muito mais energia e gordura (como fonte energética).

SHOPPING NATUE

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.