Alimentação saudável para idosos

Alimentação saudável para idosos

Ser saudável pode ser algo relativo para cada indivíduo de acordo com suas expectativas e objetivos, além de englobar não só a saúde física, mas a mental e emocional também. Contudo, há uma área que quando não vai bem, afeta todas as outras: a nutrição do indivíduo. E como manter uma alimentação saudável para idosos? Confira:

Quais os benefícios de uma alimentação saudável para idosos?

Para definir o que é uma alimentação saudável para idosos é necessário saber que há diferenças entre comer, alimentar e nutrir.

Comer não é apenas uma questão fisiológica sobre o que se ingere, envolve prazer, tradições, afeto e relações sociais. Possui significado individual para cada indivíduo.

Considerando essas variáveis, alimentação saudável é aquela que supre as necessidades diárias de macro e micronutrientes, ou seja, atende a demanda de carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais para o funcionamento do organismo. Seus benefícios, entre tantos, são:

  • Impedir osteoporose a e problemas nos ossos
  • Fortalecer os músculos
  • Ajudar a manter a memória
  • Prevenir doenças crônicas

Qual a alimentação adequada na melhor idade?

  • Alimentação diversificada: escolha diferentes tipos de hortaliças, oleaginosas, legumes, cereais, leguminosas, frutas e carnes. Experimente mudar o modo de preparo dos alimentos.
  • Alimentação que atenda as necessidades do organismo e que estejam de acordo com o padrão financeiro e costumes individuais.
  • Evite industrializados e ultra processados: esses alimentos contribuem para doenças crônicas, pois são ricos em sódio e pobres em nutrientes.
  • Alimentos seguros: na chegada dos alimentos em casa, é importante higienizar as embalagens com água e sabão ou álcool em gel. Armazene na temperatura correta alimentos refrigerados, congelados e perecíveis. Na hora de preparar é importante higienizar as mãos e utilizar um local limpo e organizado.

Como deve ser feita a comida para idosos?

Além do alimento em si e seus nutrientes, é importante considerar:

  • A seleção dos alimentos
  • Modo de preparo
  • Consistência dos alimentos: deve considerar se o idoso possui alguma restrição para mastigar e/ou engolir
  • Quando serão consumidos
  • Por quem serão consumidos. É preciso levar em conta regras, cultura, crenças, significados que os alimentos trazem consigo.

Nutrientes importantes para idosos

Todos os nutrientes são importantes, mas destacamos alguns que devem ter uma atenção especial nessa fase para manutenção da saúde. Confira:

Proteínas

É comum diminuir o consumo de carnes nessa fase, principalmente por problemas na dentição. É extremamente importante manter o consumo deste nutriente, para evitar a perda de massa muscular e queda da imunidade, por exemplo.

Carnes moídas e desfiadas podem ter melhor aceitação, as proteínas também estão presentes em alimentos de origem vegetal, como a soja, feijões, lentilha e grão de bico, por exemplo. Em algumas situações, o consumo de suplementos proteicos, como o whey protein, podem ser indicados.

Vitamina C e Zinco

Auxiliam na saúde do sistema imune e têm ação antioxidante. A vitamina C está presente, principalmente, nas frutas cítricas, já o zinco pode ser encontrado em frutos do mar, na carne de cordeiro, no trigo e no espinafre.

Cálcio

O cálcio é um mineral que evita que os ossos fiquem fracos e quebradiços, auxiliam na contração muscular e no ritmo cardíaco, também protege as articulações Presente em: carnes, ovos, hortaliças verde-escuro, gergelim, leite e derivados e quinoa.

Vitamina D

A vitamina D auxilia na absorção do cálcio nos ossos, na osteogênese e no controle hormonal. A principal fonte de vitamina D é produção da nossa pele ao tomar sol durante 20 minutos antes das 10 da manhã e após as 16 horas.

Vitamina E

É um poderoso antioxidante. Presente em: oleaginosas, óleos vegetais, ovos e peixes (salmão e bacalhau).

Fibras

Auxiliam no controle da absorção de açúcar e gorduras, além de favorecer o bom funcionamento do intestino. Estão presentes em: frutas, leguminosas e cereais.

Ômega-3

O ômega 3 atua no funcionamento do cérebro, melhorando a memória e o raciocínio, além da ação anti-inflamatória. Pode ser encontrado em: peixes como salmão, atum e sardinha.

Complementos alimentares

Os complementos alimentares são suplementos comumente utilizados por idosos. Eles podem ser adicionados às refeições ou bebidas, agregando nutrientes, fibras, vitaminas e minerais, e também aumentar o valor calórico, ideal para pessoas que não conseguem atingir o consumo de nutrientes e calorias pela alimentação, como em situações de doenças ou dificuldade para deglutir, por exemplo.

A prescrição de suplementos deve ser avaliada pelo médico ou nutricionista, considerando as características individuais.

Viva bem na melhor Idade

Além de uma alimentação completa e rica em nutrientes, o exercício físico e alongamento podem colaborar com a saúde do idoso. O exercício irá fortalecer os músculos e o alongamento irá permitir movimentos amplos e flexibilidade.

O termo “alimentação saudável” quando não limitado a determinada dieta ou remédio, é o que realmente traz resultados significativos na saúde do individuo, principalmente do idoso.

Conforme a melhor idade chega e o metabolismo muda, é possível fazer adaptações de acordo com a realidade do idoso, envolvendo todas as suas variáveis, de forma leve e válida.

 

Referências

https://www.scielosp.org/article/rsp/2013.v47suppl1/222s-230s/

http://revistafacesa.senaaires.com.br/index.php/revisa/article/view/15

Alimentação saudável: qual a importância para os idosos?

https://vapza.com.br/blog/a-importancia-da-alimentacao-na-terceira-idade

—————————————————————————————————————————————–

Revisado por Priscila Boaventura: Nutricionista registrada (CRN-3 44332) especializada em Nutrição Clínica e Terapia Nutricional. Graduada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Pós-graduada pela Faculdade Método de São Paulo. Atualmente é responsável pelo conteúdo técnico dos sites Natue e Mundo Verde, em seu tempo livre, gosta de praticar artes marciais.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.