Atividade física e seus benefícios

Atividade física e seus benefícios

Atualmente, o número de pessoas obesas vem crescendo em velocidade significativa, originando um grave problema de saúde pública. Porém, muito além do alto consumo calórico, este crescimento se deve ao baixo gasto energético (sedentarismo) associado a má alimentação, que são considerados importantes fatores de risco que levam a mortalidade precoce, assim como o tabagismo, o colesterol alto e a pressão alta.

No entanto, a prática regular de atividade física pode auxiliar no controle dos fatores de risco cardiovascular, como hipertensão arterial, resistência à insulina, diabetes, colesterol alto e obesidade, favorecendo a qualidade de vida.



Por que praticar atividade física regularmente?

A prática regular de atividade física é uma ótima forma de prevenir ou tratar diversas doenças crônicas e, juntamente com uma dieta regular e rica em antioxidantes, pode:

  • Ajudar a regular os níveis sanguíneos de glicose, o que auxilia na prevenção da resistência à insulina característica do diabetes mellitus tipo 2;
  • Estimular a liberação de neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem estar;
  • Interferir diretamente na qualidade e quantidade de sono;
  • Prevenir doenças cardiovasculares;
  • Auxiliar no controle da pressão arterial;
  • Reduzir os fatores de risco para obesidade e síndrome metabólica;
  • Prevenir colesterol alto;
  • Contribuir para o aumento do HDL (colesterol bom);
  • Melhorar a flexibilidade e resistência muscular;
  • Além disso, existem evidências de benefícios psicológicos, diminuindo a ansiedade, estresse, contribuindo para melhora do humor e proporcionando saúde mental.

Quais os melhores exercícios físicos para iniciantes?

A prescrição de atividade física para a melhora do condicionamento físico ou a prevenção e tratamento de doenças deve respeitar a sobrecarga, devendo ser feita de acordo com a resistência física de cada indivíduo, controlando a intensidade, duração e frequência do exercício.

Recomenda-se pelo menos 30 minutos de atividade física, como caminhada, andar de bicicleta, dança, etc. (formal ou de lazer, de maneira contínua, com acompanhamento, respeitando os limites e postura), de intensidade mínima ou moderada (de acordo com a capacidade individual), realizada no mínimo três vezes por semana, sendo indicada para a manutenção da saúde e prevenção de uma grande variedade de doenças crônicas.

Salientando que a prescrição de atividade física é atividade privativa dos profissionais de educação física, por isso, sempre consulte um educador físico antes de iniciar a prática dos exercícios.

Quais as precauções que devo ter ao realizar exercícios físicos?

Praticar exercícios físicos por conta própria é colocar a saúde, tanto física quanto mental em risco, considerando o alto risco de lesões (ocasionadas por movimentos realizados incorretamente, onde as posturas incorretas colocam a coluna vertebral e as articulações em desequilíbrio de cargas), lesões articulares e desvios posturais, levando o corpo a fadiga muscular e mental, causando muitas vezes excessos de treinamento.



Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.