O consumo de chá verde pode melhorar a função do intestino

O consumo de chá verde pode melhorar a função do intestino

Tanto o chá verde, como outros chás amargos, quando aplicados corretamente, possuem uma contribuição importante para a saúde do intestino e do organismo como um todo. O chá verde, proveniente da planta Camellia Sinensis, variedade Sinensis, é utilizado e reconhecido como uma das plantas medicinais mais poderosas do mundo há muitos anos, bastante utilizado pelos Chineses e Japoneses. 

O consumo de chá verde tem demonstrado benefícios na proteção do intestino,  principalmente relacionado à modulação de bactérias protetoras. Confira esses benefícios e a recomendação de consumo diária.

Benefícios do chá verde

O Chá Verde contém flavonóides e antioxidantes (catequinas, flavonóis, antocianidinas, flavonas, etc.), aminoácidos, ácidos graxos e vitaminas que atuam neutralizando os radicais livres, reduzindo o envelhecimento celular, além de diversos outros benefícios à saúde, tais como:

  • Podem ajudar no controle dos níveis do colesterol sanguíneo
  • Contribui no metabolismo da gordura, o que pode auxiliar no emagrecimento
  • Atua como anti-inflamatório, antiviral e bactericida
  • Fortalece o sistema imune

Tem ação digestiva e anti carcinogênica, impedindo o aparecimento de lesões cancerosas no estômago e no tratamento do câncer de intestino.  

Como o chá verde atua na melhora da função intestinal?

O intestino é o órgão responsável pela digestão, absorção e produção de algumas vitaminas e minerais, desta forma, interfere e muito na nossa saúde. 

Caso o intestino não esteja em perfeito funcionamento e saúde, pode trazer diversos malefícios para a saúde, como: 

  • Infecções intestinais, como no consumo alimentos estragados
  • Disbiose: se trata do número aumentado de bactérias patogênicas (causadoras de doenças)
  • Doença celíaca
  • Doença de Crohn 
  • Síndrome do intestino irritável
  • Diarreias
  • Hemorróidas
  • Queda da imunidade
  • Deficiências nutricionais

Alguns estudos têm demonstrado que as substâncias presentes no chá verde protegem contra o desenvolvimento da gastrite crônica e reduzindo o risco de câncer do estômago, além disso, a ingestão de chá verde em jejum protege a mucosa intestinal. 

O consumo de chá verde pode regular favoravelmente o perfil de bactérias presentes no intestino, melhorando quadros de disbiose desencadeados pela obesidade ou dietas ricas em gordura, por exemplo.

Estudos indicam que o chá e seus polifenóis, podem apresentar ação  prebiótica, assim, modulam a proporção dos tipos de bactérias no intestino, ou seja, aumenta o número de bactérias “boas” (protetoras) e diminui as bactérias consideradas ruins.

Como deve ser o consumo? 

A recomendação segura de chás de forma geral, são de até 3 xícaras ao dia, algo em torno de 750ml, feito como infusão, não devendo ser adoçado com açúcares, adoçantes ou mel e consumido logo após o preparado, para conservação de todos antioxidantes e fitoquímicos presentes na erva. 

Referências:

cff.org.br/sistemas/geral/revista/pdf/78/18-chaverde.pdf

semanticscholar.org/paper/Ch%C3%A1-verde-(Camellia-sinensis)-e-suas-propriedades-Senger-Schwanke/1a43d990936faefcc20e6781cf6b3a60a7763786

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31623411/

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.