Cinthia eliminou 44 quilos em seis meses com emagrecimento saudável

seja mais natue header

Obesidade é questão de saúde. Foi essa a constatação que Cinthia Nunes (28) chegou após o nascimento de sua segunda filha, quando enfrentou diversas complicações no parto. Nesta época, ela pesava 166 quilos.

“Tomei três raqui [anestesia], pois duas não fizeram efeito, não atingiam minha coluna por conta da gordura nas costas. Quando minha filha finalmente nasceu, descobri que eu estava com varizes no útero e que alguns vasos já tinham estourado. A médica disse que eu não poderia ter outros filhos, pois meu útero não aguentaria mais peso, e eu não poderia engordar mais de 10 quilos, senão os vasos poderiam romper e eu correria risco de morte”, conta.

Os maus hábitos alimentares e a rotina sedentária já haviam causado graves danos ao seu organismo. Hipertensa desde os 14 anos, Cinthia tomava dois comprimidos por dia para regularizar a pressão e sentia agravar cada vez mais seus problemas de saúde. Neste momento, ainda no centro cirúrgico, ela decidiu que era hora de mudar de vida.

De cabeça no emagrecimento saudável

Assim que saiu do hospital, buscou informações sobre reeducação alimentar e mudou completamente seu cardápio. Acostumada a comer massas, frituras e até seis pães por dia, tudo em grande quantidade, ela passou a enxergar com outros olhos os benefícios das frutas, legumes e verduras. Também tomou outro passo decisivo: começou a se exercitar. “Comecei com caminhada e fui aumentando o ritmo aos poucos. Hoje pratico atividade física todos os dias, por pelo menos 1h30”, diz Cinthia.

Todo esse esforço já trouxe resultados: em seis meses, ela conseguiu eliminar 44 quilos. “Atualmente estou com 122 quilos, mas continuo me esforçando para chegar ao meu peso ideal”, revela.

Cintia_antes-depois

Cinthia sabe que o equilíbrio é importante para ter um emagrecimento saudável. Ela procura manter uma rotina regrada, mas quando vai a uma festinha de aniversário, se permite comer uma fatia fina de bolo, quatro salgadinhos e dois docinhos. Sem passar vontade, mas ingerindo alimentos com moderação, sempre volta feliz e orgulhosa para casa. “Sinto que estou cada dia melhor, brinco com minhas filhas e não me canso mais. Também faz quatro meses que não preciso tomar remédio para a pressão”, explica.

Para compartilhar tudo o que aprendeu, Cinthia participa de debates em grupos de redes sociais e incentiva outras pessoas a mudarem de vida. “Sei que a obesidade mata, mas é possível vencer essa doença se estivermos determinados a mudar. Mesmo quando atingir 85 quilos, que é o peso que almejo, vou continuar com a reeducação alimentar, pois sei que esse é o melhor caminho para viver com saúde”, finaliza.

E você, precisou mudar seus hábitos para melhorar sua saúde e seu bem-estar? Envie sua história de sucesso para branding@natue.com.br



Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.