Existe colágeno vegetal?

Existe colágeno vegetal?

Atualizado em: 04/05/2021

O colágeno é uma proteína presente no organismo responsável por dar firmeza e sustentação à pele, músculos, ossos, articulações, tendões, cabelo e unhas. No entanto, a partir dos 25 anos normalmente sua produção é diminuída, muitas vezes gerando a necessidade de suplementação.

Atualmente existem diversos produtos disponíveis no mercado, mas sempre surge uma dúvida entre pessoas veganas: colágeno vegetal existe? A resposta é uma só: não, todos os suplementos de colágeno são de origem animal. Mas, os adeptos ao vegetarianismo ou veganismo também podem se beneficiar da atuação do colágeno extra por meio da alimentação e suplementação. 

Confira como estimular a produção de colágeno pelo nosso organismo através da alimentação e suplementação.

Colágeno para veganos

Produzido, principalmente, pelas células epiteliais e musculares e pelas células dos capilares sanguíneos a partir de aminoácidos glicina, prolina e lisina, além de vitaminas e minerais que  ajudam nesse processo.

É possível estimular a produção natural de colágeno no organismo sem precisar ingerir o suplemento. De acordo com a nutricionista Carolina Favaron, para isso é preciso manter o consumo adequado de proteínas, principalmente no caso da dieta vegetariana ou vegana, já que é comum veganos e vegetarianos não consumirem as necessidades adequadas desse nutriente.

É importante fornecer através da alimentação todos os nutrientes necessários para a formação de colágeno e incluir alimentos antioxidantes, que vão contribuir para a prevenção do envelhecimento precoce“, conta a nutricionista.

Por que estimular a produção de colágeno?

Estresse, poluição, exposição excessiva ao sol, fumo e o consumo de alimentos industrializados – ricos em gorduras trans e saturadas, açúcar, corantes e outros aditivos químicos – favorecem o envelhecimento precoce da pele e, consequentemente, a perda de colágeno.

Sua deficiência pode causar o surgimento de rugas e linhas de expressão, ossos frágeis, além de unhas e cabelos quebradiços. Para driblar esse processo, o segredo é um só: melhorar a alimentação e o estilo de vida.

Uma alimentação rica em alimentos antioxidantes, como açaí, goji berry, chá verde, frutas vermelhas, castanhas, entre outros, associada com o consumo de alimentos frescos e naturais, baixo teor de açúcar e industrializados, pode retardar essas alterações cutâneas do envelhecimento”, ressalta Carolina.

Alimentos que estimulam a produção de colágeno

Produzido em diferentes locais, a partir dos aminoácidos glicina, prolina e lisina, além de vitaminas, minerais e outras substâncias que ajudam nesse processo.

É possível estimular a produção natural de colágeno através da alimentação, para isso é preciso de alguns nutrientes chave, são eles:

Aminoácidos

São pequenas moléculas que constituem as proteínas, por isso é necessário manter o consumo adequado de proteínas.

Vitaminas e Minerais

Vitamina C, A, B7 (biotina) e E, são fundamentais na formação e estabilização das moléculas de colágeno. 

Em relação aos minerais, o zinco e o cobre desempenham papel importante no processo de produção de colágeno.

Ácido ortosilícico

É o silício ligado à colina, para que o mineral seja absorvido de forma eficiente pelo corpo. O mineral também atua na estabilidade do colágeno.

Confira exemplos de fontes alimentares dos nutrientes:

Vitamina C: presente em frutas cítricas, caju, acerola, folhas verde-escuras e salsa.

Zinco: oleaginosas, carnes em geral, semente de abóbora, cereais integrais e leguminosas.

Selênio: presente nas castanhas, principalmente na castanha-do-Pará.

Vitamina A: mamão, abóbora, manga e cenoura são alguns exemplos.

Silício: presente em grande quantidade na aveia.

Proteínas vegetais: tofu, grão-de-bico, lentilha e quinoa.

Suplemento de colágeno para veganos

No caso de veganos e vegetarianos que desejam fazer a suplementação dessa proteína, é possível fazer uma formulação manipulada de alguns aminoácidos importantes para a produção do colágeno, como a prolina e a glicina, e verificar a origem junto à farmácia, além de todos os nutrientes essenciais para a formação do colágeno”, explica.

Atualmente, existem opções prontas disponíveis no mercado que atendem esta necessidade, como o Pro-Collagen da Essential Nutrition, um produto com aminoácidos, vitaminas, minerais e outras substâncias importantes para a produção de colágeno, confira alguns destaques da fórmula:

  • Com os aminoácidos: glicina, prolina, lisina, arginina e treonina
  • Vitaminas A, B7, C e E
  • Minerais Zinco e cobre
  • 100mg de Ácido ortosilícico
  • 100mg de Ácido hialurônico
  • Com Astanxantina e licopeno

Quando o consumo alimentar não é capaz de suprir isso, o uso de suplementos alimentares pode ser necessário, mas deve ser feito com o acompanhamento de um médico ou nutricionista para não causar toxicidade por excesso de nutrientes.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.