Comfort Food: despertando emoções com a comida

Comfort Food: despertando emoções com a comida

Já ouviu falar sobre Comfort Food? É o termo que relaciona o consumo de determinados alimentos com seu poder de mexer com o paladar e trazer memórias e emoções que nos levam a momentos especiais.

O que é Comfort Food?

Pela tradução significa “Comida Confortável”, mas é um termo muito mais complexo que apenas uma tradução.

Refere-se ao conforto e bem-estar que uma comida pode trazer para uma pessoa. Esse tipo de comida faz as pessoas lembrarem de momentos e/ou épocas especiais, como a infância, a comida da mãe, a comida da avó ou de alguém que traga coisas e sentimentos bons.

A essência do Comfort Food está na segurança emocional e na simplicidade dos pratos. Ao ingerir a pessoa se recorda do momento especial que consumiu aquele alimento, ou o relaciona com alguma pessoa.

Quando surgiu?

A ideia de comfort food surgiu na década de 90, porém é mais difundido atualmente, já que se começou a pensar na forma como os alimentos são produzidos e consumidos, afinal, o que e como se come tem grande influência na vida de uma pessoa.

Com tudo isso, a indústria está se adaptando e aderindo termos como “tradicional” e “caseiro” na embalagem de seus produtos, mesmo não quando não são.

Benefícios do Comfort Food:

  • Estimular memórias boas;
  • Preza por ingredientes saudáveis;
  • Pratos simples e gostosos;
  • Promove a sensação de bem-estar;
  • Remete à infância;
  • Papel importante na preservação de receitas e sabores;
  • É carregada de afeto.

Categorias de Comfort food

  • Comidas nostálgicas: relacionadas a um período e/ou lugar. Muito comum em casos de pessoas que não moram mais na mesma cidade, ou que foram em um restaurante específico;
  • Comidas de indulgência: capazes de despertar um sentimento de culpa ou preocupações relativas ao valor nutricional dos alimentos;
  • Comidas de conveniência: fáceis de serem obtidas ou preparadas, muito comum hoje em dia com o estímulo do consumo por parte da indústria;
  • Comidas de conforto físico: causa sensação bem-estar devido a sua composição. Muito comum serem relacionadas com temperatura, como um chocolate quente em alguma viagem para uma cidade fria, por exemplo.

É importante ter moderação

Apesar dos pratos trazerem a sensação de bem-estar, é preciso ter consciência e moderação na hora de consumi-los, afinal, podem possuir alta densidade calórica e grande quantidade de carboidratos.

Devido a isso, merecem atenção especial, pois a possibilidade de exagerar é muito grande. Muitas pessoas sentem a fome emocional, de um modo em que que somente a comida irá suprir a falta que determinada coisa faz. O ideal é tentar analisar os motivos da fome emocional e preferir alimentos mais saudáveis e naturais.

Quando calóricos e ricos em gorduras e carboidratos, estes pratos devem ser consumidos com cautela, pois a intenção é proporcionar sensação de bem-estar e não contribuir com o ganho de peso e o possível aparecimento de doenças.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.