Como reduzir os efeitos do álcool ao fígado após as festas?

Como reduzir os efeitos do álcool ao fígado após as festas?

Abusou do álcool nesse carnaval? Alguns ajustes na dieta e a inclusão de suplementos alimentares podem ajudar a minimizar os efeitos deletérios da substância ao nosso organismo. O consumo de bebidas alcoólicas pode afetar diversos órgãos do nosso corpo, como cérebro, coração, estômago, rins e o mais conhecido pela população, o fígado. 

Confira como reduzir esses efeitos e quais suplementos podem te ajudar.

Metabolismo do Álcool no Organismo

A metabolização e eliminação do álcool pelo nosso organismo envolve uma série de mecanismos, enzimas e outras substâncias, gerando compostos tóxicos até a conversão do álcool em aldeído, substância que em excesso contribui para o desenvolvimento da esteatose hepática (“gordura no fígado).

Todo esse processo, gera um desequilíbrio no organismo como um todo, resultando em sintomas como a temida dor de cabeça, vômitos, diarreia e cansaço, a famosa ressaca.

Grande parte da eliminação da substância ocorre no fígado, que é perfeitamente capaz de realizar o “detox” do álcool, esse processo dura cerca de 2 a 3 dias após o consumo. 

Para eliminar a quantidade de álcool de uma lata de cerveja, o organismo leva cerca de 1 hora. Quando o consumo é excessivo e em curto período, o organismo não consegue eliminar totalmente, assim, substâncias tóxicas se acumulam, podendo causar danos para as células do fígado, se essa prática for contínua, pode causar doenças como a esteatose hepática alcoólica, cirrose e câncer.

Alguns recursos da alimentação podem ajudar a proteger a saúde do fígado e, consequentemente, favorecer a eliminação de substâncias tóxicas, além de atuarem na sua regeneração. Confira a seguir o papel da alimentação e suplementação nesse processo.

Auxílio da alimentação

Alguns alimentos auxiliam na eliminação de toxinas nesse período. A Dieta Mediterrânea, composta em sua maioria por alimentos de origem vegetal ricos em fitoquímicos, ajudam na recuperação do fígado.

Um dos principais aliados dessa dieta é o azeite, ele tem ação antioxidante e anti-inflamatória, além dele, o consumo de alcachofra pode ser uma boa opção, ela otimiza a eliminação de toxinas pelo órgão.

Suplementação como aliada

Suplementos com efeito hepatoprotetor podem auxiliar na regeneração e recuperação do fígado após o consumo de álcool. 

Fosfatidilcolina

A Fosfatidilcolina (PHOS) é o principal composto da membrana celular, e, consequentemente é lesionada devido aos subprodutos gerados pelo álcool. 

A suplementação de PHOS antes do consumo de álcool pode ajudar na prevenção dos efeitos indesejados da ressaca, além de participar da regeneração do órgão.

Glutationa

A Glutationa é um antioxidante abundante no organismo, formada por três aminoácidos: cisteína, glicina e ácido glutâmico, ela atua no combate ao radicais livres, além disso, atua na eliminação de toxinas.

Alguns suplementos, como whey protein, contém precursores desta substância.

Vitaminas

A suplementação de Vit C e E também apresentam poder antioxidante. Esses suplementos impedem o aumento excessivo de radicais livres, que geram um estresse oxidativo (relacionado com o surgimento de diversas doenças).

Silimarina

A Silimarina é outra opção poderosa de antioxidante, além disso tem ação antiproliferativa e anti-inflamatória. Atua diretamente no fígado diminuindo as lesões provocadas pela bebida alcóolica, além de apresentar um potencial efeito no tratamento da esteatose hepática.

Referências:

https://publications.parliament.uk/pa/cm201012/cmselect/cmsctech/writev/1536/ag22.htm

https://www.hospitalsiriolibanes.org.br/imprensa/noticias/Paginas/Esteatose-hepatica-obesidade-e-excesso-de-alcool-sao-causas-da-doenca.aspx

https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/j.1530-0277.1994.tb00915.x

https://www.vitaforscience.com.br/como-a-suplementacao-pode-atenuar-os-efeitos-hepaticos-do-consumo-de-alcool/

https://portal.vponline.com.br/pdf/c4f8784dad2f23e225bf446c5656d6e4.pdf

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

—————————————————————————————————————————————–

Revisado por Priscila Boaventura: Nutricionista registrada (CRN-3 44332) especializada em Nutrição Clínica e Terapia Nutricional. Graduada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Pós-graduada pela Faculdade Método de São Paulo. Atualmente é responsável pelo conteúdo técnico dos sites Natue e Mundo Verde, em seu tempo livre, gosta de praticar artes marciais.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.