Conheça os melhores e piores tipos de chocolate

chocolate

Ahhh, o chocolate… Quem resiste?! São tantas opções que não sabemos nem qual escolher! Chocolate ao leite, branco, meio amargo, amargo, diet, sem lactose… Mas qual o mais saudável? Qual posso comer sem sair da dieta? Mergulhe com a gente nesse doce universo! Vamos te mostrar que não é preciso abrir mão dessa delícia em nome da boa forma e que ele pode fazer bem ao corpitcho!

Mas antes de tudo, não podemos esquecer aquele que fornece toda essa gostosura para a gente: o cacau. Ele é rico em nutrientes e polifenóis (substâncias antioxidantes, que ajudam no combate ao envelhecimento precoce), sendo um dos alimentos mais antioxidantes! Além disso, contém vitamina C, cálcio, fósforo, ferro, potássio, fibras, gorduras do bem e componentes estimulantes, como a cafeína e a teobromina. Ufa, é muito benefício para um fruto só. Por isso, quanto maior o nível de cacau no chocolate, mais benéfico ele vai ser.



Chocolate ao leite

O chocolate ao leite é a forma mais popular. Contém entre 10 a 25% de cacau e mais de 12% de leite e açúcar. Além disso, é um dos mais doces do mercado, logo, o que mais agrada o paladar das pessoas. Pode conter adição de gordura vegetal hidrogenada, não é a versão mais saudável e por isso não é muito recomendado. Se consumido em excesso, pode engordar, além de não ter muitas substâncias benéficas.

Chocolate Diet

Normalmente, o chocolate diet é chamado assim por não possuir açúcar, o que pode ser uma opção para diabéticos. Mas é preciso cuidado. Além do nível de gordura ser mais alto, para compensar a falta do açúcar, quando você consome um alimento doce que não tem adição de açúcar, seu corpo se prepara para recebê-lo, e como ele não vem, a vontade de comer doce pode aumentar.

Chocolate Branco

Um de seus ingredientes é a manteiga de cacau. Mas, infelizmente, é comum substituírem-na por gordura vegetal hidrogenada, a tal gordura ‘’trans’’, que é péssima para nossa saúde, podendo causar diversas doenças, como infarte, diabetes etc. É o que menos traz benefícios, já que não tem as substâncias benéficas do cacau.



Aposte nesses:

Chocolate Meio Amargo

Nível de cacau é entre 35 a 50%, o que é muito bom. Normalmente tem menos açúcar e, logo, menos calorias. Mas, observe a embalagem para saber sua composição, já que alguns contêm adição de gordura e leite.

Chocolate Amargo

O chocolate amargo tem entre 50 a 75% de cacau. Portanto, quanto mais cacau, mais benefícios! Geralmente, é indicado para quem faz dieta, pois, além de ter inúmeros benefícios, atenua a vontade por doces. A maioria não contém açúcar, nem leite.

Chocolate Sem Lactose

A intolerância à lactose é a dificuldade em digerir o açúcar presente no leite, por falta de uma enzima. Os chocolates sem lactose são uma boa alternativa para os intolerantes e também para os alérgicos à proteína do leite. Podem ser feitos com leite de soja (alternativa ao chocolate ao leite), ou ainda, com chocolate amargo, sem leite em sua composição. Quem tem alergia ou intolerância severa, deve verificar se o chocolate não contém traços de leite, que ocorre pela contaminação do alimento em máquinas que processam também chocolate ao leite.

Você sabia?

O chocolate pode ajudar na diminuição da TPM e da ansiedade! Quando consumimos chocolate, o corpo libera endorfina, hormônio que dá sensação de bem-estar e prazer. Chocolate não provoca o aumento do colesterol!

benefícios



Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.