Cuidados durante o aleitamento materno

aleitamento_materno_capa

Artigo de especialista – Fernanda Varkala Lanuez*

Os benefícios do aleitamento são bem definidos pela literatura científica. Campanhas sobre o aleitamento materno têm funcionado e a população tem aderido de forma muito satisfatória.

Algumas mulheres deixam de amamentar, pois machucam a mama e ficam receosas em continuar com o aleitamento. Outras relatam dores nas costas, braços e afirmam que não conseguem mais amamentar em decorrência desse incômodo.

Sem dúvida esse é um momento muito esperado pela mulher e sua família, mas existe muita ansiedade e angústia envolvida.

Como a mulher pode prevenir que as mamas rachem ou que as dores musculares apareçam em decorrência do aleitamento?

Ao longo da gestação o corpo sofre alterações para a fase de amamentação, em que as mamas ficam maiores, as aréolas (parte arredondada e escura da mama) escurecem e tornam-se mais resistentes, tudo isso em decorrência da ação hormonal. Para que a pele fique menos sensível, é recomendado que a mulher exponha a mama ao sol (preferencialmente pela manhã, até as 10h), por 15 a 20 minutos, e utilize sutiã de tecido confortável.

Ainda no pré-natal, as mulheres são aconselhadas a realizar os exercícios de Hoffman para a exteriorização e preparação dos mamilos para a amamentação.

Esse exercício consiste em manobras realizadas com os dedos nos mamilos, da seguinte forma: coloque um dedo de cada lado do mamilo sobre a pele da aréola e pressione-a para trás e para fora até o ponto em que comece a doer, os dedos devem estar lubrificados com lanolina. Repita três vezes a manobra nessa posição, três vezes com os dedos em diagonal e três em posição vertical, a fim de provocar o estiramento das fibras que estão debaixo da pele da aréola e que fazem com que o mamilo seja pequeno, plano, umbilicado ou retrátil.

A realização desses exercícios deve ser orientada pelo médico e fisioterapeuta que acompanham a gestante.

Figura 1
Figura: realização dos exercícios de Hoffmam | Fonte: Espaço da Mamãe

Já no pós-parto, algumas recomendações simples serão suficientes para que o momento do aleitamento seja prazeroso tanto para o bebê, quanto para a mãe.

A boca do bebê deve estar bem aberta e “abocanhar” toda a aréola, fazendo uma vedação na mama, permitindo que ele mame adequadamente, além de não machucar a mãe também!

Figura 2
Figura: posição correta da pega do bebê na mama | Fonte: Pediatria da Mamãe

No momento do aleitamento é muito importante que o bebê abocanhe corretamente a mama, isso garante o aleitamento correto, que o leite saia com facilidade e que ele não machuque o mamilo.

Deixe o bebê nas mamas espontaneamente, caso ele não desprenda do peito, ao final da mamada, coloque seu dedo mínimo no canto da boca do bebê que ele soltará o mamilo sem machucá-lo.

A posição escolhida durante o ato de amamentar garante que o bebê consiga fazer a pega adequada e evita dores musculares.

O bebê precisa ficar de frente para a mãe (ou seja, barriga com barriga) e também bem próximo ao peito. Para que a proximidade seja adequada, a mãe deve abraçar seu filho, envolvendo-o com seus braços e sustentando-o em seu colo e não em suas pernas.

Para que esse momento seja facilitado, o ideal é que a cadeira ou poltrona tenha apoio para os braços e que seja colocado um travesseiro/almofada no colo da mãe, para que o braço seja apoiado e não necessite de força para sua sustentação. É importante que a mãe esteja confortável, sentada em 90º, com os pés bem apoiados, assim como suas cotas. Não pode curvar o corpo para o bebê, pois essa postura causará enorme incômodo muscular.

Figura 3
Figura: comparação entre as posturas corretas e inadequadas durante o aleitamento | Fonte: Polden, Margaret. Fisioterapia Ginecológica e Obstétrica. Editora Santos, 2008.
Figura 4
Figura: exemplos de posturas para aleitamento de gemelares | Fonte: Gemelares

Após a mamada é recomendado passar um pouco do leite ao redor dos mamilos e das aréolas, pois o leite tem a função de proteger e hidratar. Evite abafar os mamilos com protetores especiais, a utilização de sutiã específico para amamentação é indicada. Não utilize cascas de banana, mamão, abacate ou algo parecido sem a devida orientação médica. Além disso, os mamilos deverão ser lavados durante o banho diário, sem a necessidade de sabonetes, pomadas, óleos ou cremes.

Com essas pequenas orientações, o ato do aleitamento será muito prazeroso tanto para o bebê quanto para a mãe!

*Fernanda Varkala Lanuez é fisioterapeuta especializada em Fisiologia do Exercício pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), mestre em Ciências pela FMUSP e gerontóloga pela Sociedade Brasileira de Geriatria Gerontologia (SBGG-SP).

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.