Dicas de como preparar uma lancheira saudável para pais que não têm tempo

Veja como preparar uma lancheira saudável

Os cuidados com a saúde dos pequenos também envolvem a alimentação, principalmente quando existe a opção de comprar alimentos na cantina da escola, o local mais propício a ter lanches nada saudáveis, recheados de calabresa e queijo quente. Sem falar do refrigerante, normalmente a bebida mais vendida.

Sabemos que a rotina de alguns pais é muito corrida e várias vezes sobra pouco tempo para preparar a lancheira das crianças com as receitas certas. Pensando nisso, nada melhor do que algumas dicas para priorizar o melhor da alimentação com praticidade e sem dor de cabeça. Algumas ideias precisam estar em mente, como:

1- Fique atento à qualidade dos alimentos: evite alimentos pesados, fritos ou cheios de açúcar.

2- Alimentos leves e de fácil digestão precisam ser priorizados: lembre-se que a hora do recreio é um momento muito esperado pela garotada, já que além de ser a hora da boquinha é o momento da diversão! Dependendo da idade do seu filho, em um recreio de 15 minutos, ele vai passar 5 minutos comendo e o restante do tempo passará brincando e correndo até cansar.

3- O método mais fácil é o método mais correto? Os alimentos industrializados e ricos em carboidratos, gordura e açúcar, como achocolatados prontos, sucos industrializados e bolachas de pacote, podem ser mais práticos para a rotina, mas também são as opções que mais fazem mal à saúde.

Poucos sabem que a bisnaguinha não é nada saudável. Ela equivale a meio pão francês, ou seja, é um alimento feito de farinha refinada, açúcar e gorduras trans, que em grandes quantidades são vilões da saúde. Segundo a nutricionista infantil Susy Graff, o interessante é substituir a bisnaguinha por pão de forma integral.

4- Cuidado com alimentos que precisam ser armazenados em geladeiras: entram nesta lista queijo prato, requeijão e peito de peru. Muitas vezes a lancheira do seu filho não é térmica e não poderá ser armazenada em um local refrigerado, correndo o risco de estragar o lanche. “Mas se a lancheira for preparada pela manhã e o lanche for consumido até, no máximo, às 13h, não há problemas”, afirma a nutricionista.

5- Posso mandar doces na lancheira ou só alimentos salgados? Doces são liberados, mas cuidado, pois alguns alimentos e sobremesas são repletos de açúcar, o que gera muitos riscos à saúde. Se for mandar alimentos doces na lancheira, escolha frutas! Segundo Susy, o ideal é não preparar os sucos com muita antecedência, pois as frutas, quando preparadas para sucos, perdem vitamina C e fibras. Bolos também tem sinal verde, porém é aconselhável prepará-los sem recheio. Opte por bolos caseiros, como o de laranja e até de chocolate, mas sem recheio.

6- Priorize alimentos integrais: prefira pães integrais, biscoitos e massas integrais. Além de ser uma ótima fonte de fibras, o alimento integral passa por menos processos de industrialização e processamento.

Lanches saudáveis para crianças

Vale a pena ressaltar que os maus hábitos alimentares podem acarretar prejuízos desde desnutrição e déficit de crescimento até excesso de peso e obesidade, o que pode se estender ao longo da vida. Sem contar que a obesidade está diretamente relacionada ao aparecimento de doenças crônicas, como diabete, hipertensão e doenças cardiovasculares, entre muitas outras complicações.

Não se preocupe caso a sua criatividade se esgote! Ainda assim é possível preparar um cardápio variado, saudável e colorido, basta realizar uma básica organização para deixar o seu dia a dia mais prático, sem diminuir a qualidade da refeição.

Lembre-se: é preciso levar em consideração os macronutrientes (compostos por três grupos) que a lancheira deverá ser dividida. “Quanto mais variado os alimentos, melhor. Alimentos integrais, frutas e sucos naturais são essenciais”, finaliza Susy.

Grupo 1 – Reguladores: sucos ou frutas

Grupo 2 – Construtores: leites e derivados

Grupo 3 – Energéticos: pães, bolachas e salgados

DICA ESSENCIAL: O interessante é acostumar as crianças com esse tipo de alimentação não somente na escola, mas principalmente em casa. O bom exemplo dos pais é essencial. É importante que a criança veja os pais consumindo o mesmo tipo de comida que ela come.

DICA LEGAL: água de coco é um coringa! É uma ótima opção para armazenar, cai superbem nos dias de calor e, além de hidratar, tem muitos minerais. Ou seja, é uma boa opção para fugir dos sucos de caixinha.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.