Dieta LCHF: veja o que pode comer

Dieta low carb

A dieta LCHF (low carb high fat ou pouco carboidrato e muita gordura) incentiva o consumo de alimentos na sua forma mais natural, com baixa ingestão de carboidratos e maior ingestão de proteínas e gorduras. Sua fama se dá, principalmente, pela promessa de rápido emagrecimento.

Quando bem planejada a LCHF dieta pode proporcionar diversos benefícios. Ela ajuda a aumentar a sensação de saciedade, o que é positivo principalmente para pessoas com compulsão alimentar. Com isso, pode contribuir para a perda de peso de maneira eficiente. Por evitar o consumo excessivo de carboidrato, contribui para manter os níveis adequados de glicemia.

Dieta low carb: cardápio

Apesar de priorizar a maior ingestão de lipídios, nesta dieta devem entrar apenas as gorduras boas, portanto, óleo de soja e de milho, frituras e margarina ficam de fora, já que contribuem para o maior risco de doenças cardiovasculares. Dessa forma, na dieta low carb cardápio deve ser composto por gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, que proporcionam benefícios para a saúde do coração e cérebro. Veja o que incluir na dieta low carb:

  • Carnes magras, frango e peixes
  • Frutas, como coco e abacate
  • Oleaginosas, como nozes e castanhas
  • Óleos vegetais, como o azeite de oliva, óleo de abacate e óleo de coco
  • Manteiga
  • Ovos
  • Sementes de linhaça e chia
  • Vegetais e leguminosas, como brócolis, couves, aspargo, berinjela, abobrinha,
  • Fontes de carboidrato complexo, como arroz, pães e massas integrais

O que evitar na dieta LCHF

  • Grãos, especialmente o trigo e derivados
  • Alimentos processados
  • Embutidos
  • Alimentos ricos em açúcar e amido, como pão branco e batata
  • Bebidas açucaradas, como refrigerantes e sucos de caixinha, e bebidas alcoólicas

Dieta low carb emagrece?

Essa é uma dúvida muito comum entre as pessoas que buscam fazer dietas de emagrecimento: elas são realmente eficazes neste objetivo? A dieta low carb high fat emagrece, principalmente pela sensação de saciedade que a gordura e a proteína promovem.

Além disso, a proteína possui efeito termogênico, pois exige do corpo maior gasto energético para ser digerida. Dessa forma, quando esse macronutriente é consumido dentro da recomendação diária adequada pode contribuir para o controle do peso. Ao contrário do carboidrato, que é digerido rapidamente e gera fome mais rápido, aumentando o consumo alimentar, além de gerar picos de glicemia.

Mas lembre-se, para emagrecer é preciso que haja uma ingestão de calorias menor do que o que se gasta. E o recomendado é aliar a dieta à prática de exercícios físicos.

Dieta LCHF faz mal?

O excesso no consumo de gordura e proteína faz mal, assim como a redução do carboidrato na dieta. A elevada ingestão de gorduras pode aumentar o risco para doenças cardiovasculares e os rins e fígados podem ser prejudicados pelo maior consumo de proteínas.

O carboidrato é a principal fonte de energia do corpo, principalmente para o cérebro. Também regula o metabolismo proteico e evita a oxidação de gordura. Sua falta pode provocar fraqueza, dificuldade de concentração e desmaios.

Sendo assim, o recomendado é sempre seguir a orientação de um médico ou nutricionista antes de fazer qualquer tipo de dieta.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.