Por que é importante respirar corretamente?

Respirar é um processo tão simples e natural da fisiologia humana que poucas vezes se torna alvo da nossa atenção. Acontece que, se não nos lembrarmos ou nos darmos conta da importância da respiração para o funcionamento do organismo e nosso bem estar, podemos muitas vezes bloquear ou dificultar esta função inconscientemente.

importância da respiração

Respiração e emoções

“Toda e qualquer flutuação emocional se reflete na respiração. Na verdade, a respiração responde e ao mesmo tempo constitui os padrões emocionais”, explica Renata Borges, especialista em terapias integradas em respiração.

Considerando que o oxigênio é nossa principal fonte de energia e a respiração é uma função inseparável da circulação sanguínea, qualquer alteração, por mínima que seja, criará um movimento respiratório diferente. “Se seu chefe te irrita, se seu filho te preocupa, se está apaixonado ou se encontra a pessoa amada, sua respiração será parte destes estados, mesmo que pareçam sutis”, completa.

Respirar para se conhecer melhor

Ao se estabelecer esta intimidade com a respiração, podemos perceber estas pequenas nuances e nos tornar mais conscientes de emoções e sentimentos que nos acompanham no dia-a-dia. “Aprendemos sobre nós mesmos e podemos interferir em cada situação conscientemente quando necessário, fluindo com mais tranquilidade em momentos que despertam estados de tensão. A respiração é um caminho para conhecer a si mesmo”, define Borges.
A respiração também é uma prática milenar que pode ajudar a diminuir o ritmo das ondas cerebrais, aumentar o fluxo sanguíneo na região do sistema límbico, inibir a produção de adrenalina e cortisol, estimular a produção de endorfina e elevar a atividade dos lobos temporais.

Técnicas de respiração
Respirar, portanto, pode ser também utilizado como um mecanismo para controlar a ansiedade, e as práticas de meditação são capazes de auxiliar nesse sentido. O ato de prestar atenção à própria respiração faz parte da base de praticamente todas as tradições contemplativas que utilizam a meditação.

A terapia reichiana, de Wilhelm Reich; da bioenergética, de Alexander Lowen; e da respiração holotrópica, da Stanislav Grof, são outros exemplos de técnicas que, influenciadas pelas culturas e tradições orientais, trabalham com a respiração.

Se quiser conhecer mais sobre respiração e qualidade de vida, acesse: www.namu.com.br



Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.