Jejum intermitente causa perda de massa muscular?

Jejum intermitente causa perda de massa muscular?

Por muito e muito tempo se falou da importância de se manter horários regulares para se alimentar e hoje em dia um dos temas mais discutidos é sobre a prática do jejum intermitente, ou seja, o contrário de comer a todo momento, com hora marcada. Muitas dúvidas ainda são associadas ao tema, como quem pode ou não fazer, quais seus benefícios e agora vamos falar sobre a associação do jejum e a hipertrofia muscular, ou seja, o ganho de massa magra associado à prática regular de exercícios físicos.

Como funciona o jejum intermitente?

A base do jejum intermitente é ficar horas sem o consumo de calorias, ou seja, alimentos e assim, fazer com que o organismo utilize seus estoques, principalmente de gordura  para manutenção no fornecimento de energia que o corpo utiliza para realizar todas as suas funções. 

Durante o período do jejum, o organismo passa a usar os corpos cetônicos, (substâncias produzidas a partir dos estoques de gordura) como fonte de energia. 

Muitos ainda se enganam pensando que o jejum serve somente para as pessoas que querem perder peso. Existem vários outros benefícios associados, como:

  • Redução da glicemia e insulina, o que pode ajudar na prevenção do Diabetes
  • Melhor controle da pressão arterial
  • Modulação de genes que podem favorecer melhora da qualidade do sono, melhora do funcionamento cognitivo (do cérebro), estímulo ao processo detox, que é a eliminação de toxinas do organismo
  • Regulação de processos inflamatórios
  • Redução de processos oxidativos e de envelhecimento, assim como reparo de células danificadas, favorecendo sua morte programada
  • Melhor aproveitamento das gorduras como fonte de energia para o organismo

Jejum intermitente e ganho de massa muscular

Sobre a prática regular de exercícios físicos, nem se questiona mais sobre as vantagens de se manter ativo. Associado a esse bom hábito, uma dieta saudável é extremamente importante para que bons resultados sejam conseguidos e o “pacote saúde” seja realmente completo. 

Por muito tempo se falou sobre a importância de se manter horários regulares para se alimentar e se colocou também que era uma das premissas de uma dieta adequada, mas hoje já se sabe que não é bem assim.

Uma dieta saudável está relacionada ao que se consome de nutrientes e não só aos horários. Ao se fazer a associação dessa frase com o jejum, conseguimos responder a questão inicial de que jejum intermitente não prejudica o ganho de massa muscular, desde que seja bem orientado, principalmente por um Nutricionista para que durante a janela de alimentação todos os nutrientes sejam consumidos adequadamente.

É importante ressaltar que quanto maior a intensidade do treino, menor deve ser o tempo de jejum, principalmente para os casos onde os treinos de força são mais frequentes. Para esse tipo de exercício, o glicogênio é fundamental para uma boa resposta e jejuns mais prolongados não são uma boa escolha. 

Como quebrar o jejum quando o objetivo é a hipertrofia?

As formas como o jejum é quebrado, vai impactar na forma como seu organismo vai entender esse processo, por isso, confira alimentos  interessantes para esta refeição:

  • Alimentos com baixo índice glicêmico (legumes e verduras), que são ricos em vitaminas e minerais
  • Boas fontes proteínas, como carnes, peixes, frango e as fontes vegetais 
  • Gorduras boas, como óleo de coco, azeite de oliva, óleo de abacate são bons exemplos

Para fechar, lembramos que nem todos podem ou devem fazer o jejum intermitente, por isso, não deve ser considerado a “fórmula mágica” para a perda de peso ou para outras respostas.

O acompanhamento médico e principalmente nutricional é de extrema importância para se avaliar caso a caso e se assim, traçar as melhores estratégias para cada um alcançar seus melhores resultados.

Referências:

mundoboaforma.com.br/jejum-intermitente-provoca-perda-de-massa-muscular/

http://www.mundoboaforma.com.br/jejum-intermitente-e-hipertrofia-muscular-dicas-e-cuidados

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.