Leucina: O que é e para que serve?

Leucina: O que é e para que serve?

A leucina, também conhecida como l-leucina, é um aminoácido importante para manutenção do músculo. Pode ser consumida em situações em que ocorrem perdas de proteínas e sua reposição seja necessária, como em treinos intensos de musculação ou no caso de algumas doenças, como a desnutrição. Quer saber mais sobre esse aminoácido? Confira!

O que é Leucina?

Leucina é um aminoácido essencial para o organismo humano, isso significa que ela não é produzida pelo corpo e por conta disso deve ser consumida através da alimentação.

Popularmente é conhecido por fazer parte do comercialmente vendido como BCAA (sigla em inglês), juntamente com isoleucina e valina que são aminoácidos de cadeia ramificada necessários para síntese de proteínas pelo organismo.

Fontes de Leucina

A leucina está presente em alimentos de origem vegetal e animal como carne, ovo, feijão, batata, oleaginosas e disponível em suplementos alimentares tais como o Whey Protein, os BCAA’s, além da forma isolada.

Para que serve a leucina?

  • Estimula o ganho muscular
  • Melhora a sensibilidade a insulina
  • Estimula a cicatrização
  • Pode auxiliar na melhora imunológica
  • Favorece a recuperação muscular após o treino

Lembrando que para a leucina ter ações positivas no organismo, é necessário manter uma alimentação saudável e a pratica de atividades físicas.

Leucina e Ganho de Massa Muscular

A leucina pode auxiliar no ganho de massa muscular pois é um aminoácido especial, sendo capaz de estimular a mTOR, que é uma proteína necessária para que essa reação aconteça, além de inibir a degradação de proteínas no músculo, o que pode contribuir para o ganho ou manutenção de massa muscular.

Perda de Peso

Leucina de forma isolada é capaz de promover efeitos que auxiliam para que não ocorra diminuição de massa magra durante a perda de peso.

Níveis elevados de Leucina podem auxiliar no emagrecimento, em vista que a leucina não pode ser convertida em glicose evitando que o catabolismo aconteça durante o emagrecimento.

Como tomar Leucina?

Alguns artigos sugerem que uma suplementação com 0,30mM/100g de leucina pode ser uma dose ideal para obter os benefícios atrelados a esse aminoácido.

Lembrando que sempre antes que fazer uso de algum suplemento é necessário a consulta com um profissional da área da saúde, pois a individualidade de cada pessoa deve ser respeitada.

Leucina: efeitos colaterais

Ainda não há contraindicação comprovadas sobre o uso de leucina, porém alguns resultados sugerem à existência de mudanças no organismo e comportamentais ligadas a altas doses de leucina. O consumo em doses altas pode trazer efeitos colaterais como ansiedade, desconforto gástrico, redução na atividade exploratória e retenção líquida. Por isso, o recomendado é sempre consultar um nutricionista antes do consumo.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.