Nutrientes essenciais para libido

Nutrientes essenciais para libido

Este é um assunto que gera bastante desconforto entre as pessoas e muitas vezes, é considerado um tabu. Mas, a verdade é que falar sobre o assunto e entender os motivos que estão causando a queda da libido, é o que vai nos ajudar a solucionar o problema.

A palavra libido, com origem no latim, está relacionada ao desejo e é entendida como o desejo e/ou prazer sexual. A libido é influenciada por diferentes fatores, que levam ao seu aumento ou queda, ao longo do tempo.

Quando falamos sobre a libido da mulher, a menstruação e o desequilíbrio hormonal, como por exemplo a deficiência do hormônio testosterona, afetam diretamente a libido, causando a falta de interesse pelo sexo e as vezes, pelo parceiro ou parceira.

Confira as causas relacionadas a diminuição do desejo sexual e como a alimentação pode ajudar com nutrientes essenciais para libido.

O que causa a queda da libido?

O entendimento da ou das causas da redução da libido, é peça-chave para o tratamento. Por isso, é bastante importante a busca por um profissional médico e nutricionista para solicitação de exames, análise de sinais e sintomas, estilo de vida e compreensão dos sentimentos e emoções. A partir destas identificações, o tratamento é mais eficaz.

Mas quais são os fatores que estão relacionados à queda da libido? Alguns exemplos, são: 

  • Ansiedade
  • Insônia e/ou baixa qualidade do sono
  • Deficiências de vitaminas e minerais como zinco e vitaminas do complexo B e vitamina D
  • Alterações hormonais
  • Uso prolongado de medicamentos
  • Estresse
  • Obesidade
  • Diabetes 

Como a alimentação pode ajudar no aumento da libido?

Em relação a nutrição e alimentos, alguns nutrientes são interessantes para influenciar no aumento da libido. Confira!

Zinco

O zinco é um mineral importante para libido pois auxilia na produção de testosterona e de esperma, contribuindo com o desejo e fertilidade. 

Pode ser encontrado em frutos do mar, como ostras e em oleaginosas, como nozes e castanhas;

Vitamina D 

Diferentes estudos mostram a relação entre os baixos níveis de vitamina D e a queda da libido, uma vez que, esta vitamina atua no equilíbrio dos níveis de testosterona, hormônio relacionado ao desejo sexual entre homens e mulheres.

Cacau

Rico em flavonoides antioxidantes, atua na sensação de prazer e bem-estar, estimulando o desejo.

Mel e própolis 

Interessantíssimos para aumento da libido, uma vez que o mel e a própolis são fontes de boro, mineral atuante na produção de testosterona e na fertilidade.

Estes são alguns dos alimentos e nutrientes que, quando associados à rotina de alimentação, contribuem com o equilíbrio dos hormônios sexuais, atuando na vasodilatação e melhora da circulação sanguínea, além de favorecerem a saúde dos óvulos e espermatozoides, contribuindo com a fertilidade. 

Referência: 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.