Uso de Ômega-3 para melhorar a performance esportiva

Uso de Ômega-3 para melhorar a performance esportiva

Cada vez mais os atletas e praticantes de atividades física estão em busca de suplementos que possam melhorar sua performance e fortalecer o sistema imunológico, que por muitas vezes fica suprimido por conta do grande esforço físico que é realizado.

Estudos mostram que além de beneficiar a saúde, o ômega-3 pode melhorar a performance esportiva de praticantes de atividades físicas e principalmente de atletas de alto rendimento.

Ômega-3 e esporte

Juntamente com os benefícios para a saúde, os ácidos graxos EPA e DHA, derivados do ômega-3, possuem propriedades anti-inflamatórias e imunomodulatórias que trazem efeitos interessantes para o esporte:

  • Em treinos de resistência, aumentam a potência e favorecem o ganho de força e massa muscular;
  • Otimizam o consumo de oxigênio em atletas de endurance, melhorando a performance;
  • Favorecem o fornecimento de energia para o treino, facilitando a conversão de açúcar em glicose;
  • Em atividades de longa duração, diminuem o processo inflamatório e atenuam a imunossupressão causada pelo esforço físico;
  • Auxiliam na recuperação muscular diminuindo a inflamação e proporcionando menor tempo de recuperação após o treino;
  • Fortalecem o sistema imunológico diminuindo riscos de desenvolvimento de doenças.

Além disso, o ômega-3 faz parte das substâncias que têm uso permitido pelos comitês antidopings de atletas. Pode ser considerado como uma estratégia segura e benéfica de suplementação para a performance e recuperação muscular no esporte.

Favorece o ganho de força e massa muscular

O ômega-3 parece ser responsável por aumentar a potência durante os treinos de resistência, já que atenua a situação inflamatória causada nos músculos. Assim, possibilita um maior desempenho, favorecendo o ganho de força e massa muscular.

Otimiza o consumo de oxigênio

A rápida disponibilidade de oxigênio nos tecidos garante o fornecimento adequado de nutrientes durante os exercícios físicos. Para atletas de endurance, o ômega-3 se mostra eficiente na otimização do consumo do oxigênio, melhorando a performance esportiva.

Energia de forma rápida

Durante a prática de exercícios físicos, é necessário ter energia suficiente para que o desempenho não seja afetado. Estudos mostram que o consumo de ômega-3 pode facilitar a conversão do açúcar ingerido em glicose, favorecendo assim o fornecimento de energia para as células.

Fortalece o sistema imunológico

É comum que o sistema imunológico de atletas seja comprometido por conta do grande esforço físico realizado durante os treinos, levando a uma maior susceptibilidade de desenvolver doenças.

O ômega-3 melhora esse quadro, atenuando o comprometimento do sistema imune e o fortalecendo, ao inibir a produção de substâncias inflamatórias produzidas durante o treino.

Favorece a recuperação muscular

A recuperação muscular adequada após os treinos é importante para que a performance não seja afetada. É nesse momento em que o processo inflamatório nos músculos se intensifica, podendo causar dor e dificultar a reparação do tecido.

O ômega-3, por possuir ação anti-inflamatória, auxilia a atenuar a inflamação e diminuir o tempo de recuperação muscular, melhorando o desempenho nos treinos seguintes.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.