Pancreatite: conheça os sintomas e o tratamento

Pancreatite

O que é pancreatite?

Pancreatite é a inflamação do pâncreas, uma glândula localizada na parte superior do abdômen, atrás do estômago. O pâncreas é o órgão responsável pela produção do suco pancreático, que faz a digestão de gorduras e carboidratos. Além disso, também produz dois hormônios importantíssimos para equilibrar os níveis de açúcar no sangue: a insulina e o glucagon.

+ SAIBA TUDO SOBRE DIABETES: SINTOMAS, CAUSAS E TRATAMENTO

Existem dois tipos de pancreatite:

  • Pancreatite aguda: ocorre de maneira repentina e em geral desaparece em poucos dias com o tratamento.
  • Pancreatite crônica: é uma inflamação que não responde aos tratamentos, piorando ao longo do tempo, ocasionando lesões permanentes.

Causas da pancreatite

As causas da pancreatite são diversas. No caso da pancreatite aguda, as causas mais comuns são os cálculos biliares, conhecidos também como “pedras na vesícula”.

Como o pâncreas e a vesícula se ligam por um ducto, a formação desses cálculos biliares pode vir a obstruir esse ducto, fazendo com que as enzimas pancreáticas retornem ao pâncreas, inflamando-o. O alcoolismo também pode levar à pancreatite aguda.

Já as causas da pancreatite crônica podem ser:

  • pancreatite aguda de repetição
  • uso excessivo de álcool
  • doenças autoimunes
  • doenças genéticas, como a fibrose cística.

Pancreatite: sintomas

Os sintomas de pancreatite aguda mais comuns são:

  • Dor abdominal após a ingestão de alimentos
  • Dor abdominal na parte superior
  • Dor abdominal que irradia para as costas
  • Febre
  • Inchaço abdominal
  • Náuseas e vômitos
  • Batimentos cardíacos acelerados

Os sintomas de pancreatite crônica incluem:

  • Dor na parte superior do abdômen
  • Perda de peso
  • Diarreia
  • Fezes gordurosas, amareladas

Diagnóstico de pancreatite

O diagnóstico de pancreatite é feito por meio de exames como ultrassom abdominal, raio-X abdominal, ecografia abdominal e exames de sangue, associados ao histórico e aos sintomas do paciente.

Pancreatite: tratamento

O tratamento da pancreatite deve ser realizado no hospital, principalmente no caso da pancreatite aguda. São ministrados medicamentos para controlar a dor e é necessário deixar o pâncreas em repouso para que desinflame. Para isso, o paciente deve ficar em jejum alimentar por via oral, recebendo apenas soro na veia. Assim que estiver melhor, pode reiniciar a alimentação, que deve contar mínimas quantidades de gordura. Com o tempo, pode-se voltar à dieta normal.

O tratamento da pancreatite crônica também é clínico e inclui repouso e dieta livre de alimentos gordurosos. As dores abdominais podem ser controladas com analgésicos receitados pelo médico.

Dieta para pancreatite

A alimentação para pancreatite é de fundamental importância no tratamento. Recomenda-se, sobretudo, evitar a ingestão de bebidas alcoólicas e alimentos ricos em gorduras. Também é aconselhável comer pequenas porções de alimentos ao longo do dia, ao invés de refeições muito volumosas.

Alimentos que devem ser evitados:

  • Bebidas alcoólicas
  • Carnes gordurosas
  • Queijos amarelos
  • Leite integral
  • Creme de leite
  • Maionese
  • Manteiga e margarina
  • Chocolate
  • Frituras
  • Embutidos
  • Fast food
  • Gema de ovo
  • Coco
  • Abacate
  • Oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas etc.)

Alimentos permitidos:

  • Leite e iogurtes desnatados
  • Queijos magros (queijo minas, cottage, ricota)
  • Cereais integrais
  • Carnes magras (aves, peixes e alguns cortes da carne bovina)
  • Bolos simples, sem recheio nem cobertura
  • Massas sem molhos gordurosos
  • Frutas, verduras e legumes cozidos

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.