A porção certa na palma da sua mão!

A porção certa na palma da sua mão!

Comendo em casa ou em um restaurante, você já se perguntou se a quantidade que está colocando em seu prato está correta?

Consumimos os alimentos normalmente de acordo com a nossa fome ou vontade, mas não paramos para pensar que a quantidade pode não estar adequada com o que realmente precisamos consumir.

Sabemos que é difícil calcular a porção no momento de sua refeição, por isso trouxemos algumas dicas e ensinaremos uma maneira para deixar isso mais rápido e simples, sem precisar de utensílios.

Qual a importância da porção do alimento?

A porção é a quantidade estimada de cada grupo alimentar colocada em seu prato, que é calculada a partir do valor energético de cada alimento.

Muitas das vezes por falta do conhecimento sobre o porcionamento correto, colocamos uma porção maior do que o adequado em nosso prato, o que nos leva a consumir uma quantidade superior do que realmente precisamos.

Vale lembrar que esse aumento da porção está associado com o aumento da ingestão de calorias, e consequentemente, o que leva ao aumento do peso.

Esse aumento da porção também pode ser influenciado por utensílios ou embalagens maiores que são colocados em nossa frente como pratos, copos, tigelas, pacotes de alimentos, entre outros.

Normalmente nossa mente indica que por conta do utensílio ser maior, a nossa ingestão dos alimentos também precisa ser maior, o que nos leva ao excesso sem perceber.

O excesso pode nos afetar em vários motivos, não só no aumento do peso mais o risco de doenças, como diabetes, obesidade e até doenças cardíacas.

Já quando usamos o porcionamento correto e nos alimentamos de forma adequada, isso pode na auxiliar na perda de peso e evitar o desperdício de alimentos.

Como acertar a porção

É sempre um desafio calcular a porção correta no momento da alimentação, ajudaremos você a consumir a estimar a quantidade certa de cada grupo alimentar apenas com a palma da sua mão.

Essas medidas são de um padrão baseado em uma dieta de 2.000 Kcal. As quantidades são consideradas médias padrão, não sendo individualizada a cada um.

Vale lembrar que existem diferentes casos, por isso deve-se consultar um profissional de saúde para saber qual é a quantidade de alimentos ideal para seu consumo.

Porção na palma da mão

Carnes: Seja ela bovina, suína, um peixe ou um filé de frango, a quantidade de carne no seu prato pode ser medida com toda a palma da sua mão, sem contar os seus dedos.

Leite e derivados: Leites e iogurtes o recomendado é o consumo de 1 copo por dia. Já os queijos, a fatia deve ser equivalente a um dedo indicador.

Grãos e cereais: A quantidade de feijão, soja, lentilha, grão de bico, entre outros, deve ser igual a um punho fechado (ou uma xicara de chá).

Carboidratos: alimentos como macarrão, batata e arroz, a recomendação é dada igual aos de grãos e cereais, um punho fechado (equivalente a uma xicara de chá).

Nozes e castanhas: para as castanhas, amêndoas, e até granola, é recomendado a quantidade relacionada a parte da frente da mão fechada.

Óleos e manteiga: a porção desses alimentos deve ser pequena, portanto a quantidade é equivalente a ponta do dedo indicador.

Vegetais: podemos abusar um pouco mais nessa parte, para folhas, a quantidade indicada é duas palmas da mão abertas e juntas. Já legumes como a cenoura, um punho fechado já é suficiente na alimentação.

Frutas: Algumas das frutas já tem o tamanho próprio para consumo, como o cacho da uva, maçã, pêra, que é correspondente ao tamanho da palma da mão ou um punho fechado.

 

É importante sempre ter equilíbrio na hora da alimentação, não deixe que o momento de “fome” influencie no tanto da quantidade colocada em seu prato.  Evite os excessos!

Lembre-se que essas dicas não substitui a orientação de um especialista. Marque uma consulta com nutricionista.  

 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Revisado por Priscila Boaventura: Nutricionista registrada (CRN-3 44332) graduada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Pós-graduada em Nutrição Clínica e Terapia Nutricional pela Faculdade Método de São Paulo. Atualmente é responsável pelo conteúdo técnico dos sites Natue e Mundo Verde, em seu tempo livre, gosta de praticar artes marciais.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.