Psyllium ajuda a manter a saúde intestinal

Psyllium

O consumo de fibras dietéticas, dentro de uma alimentação equilibrada, é essencial para a manutenção da saúde. Conheça os benefícios do psyllium.


O que é psyllium?

O psyllium é um tipo de fibra alimentar obtida a partir da casca da semente da Plantago ovata, de origem asiática, e que pertence ao grupo das gomas e mucilagens. Por ser uma fibra solúvel, é capaz de absorver água e formar um gel, contribuindo para aumentar o tempo do esvaziamento gástrico. Dessa forma, o psyllium é utilizado como planta medicinal, especialmente para a prevenção e tratamento da prisão de ventre.

Psyllium: para que serve

Essa fibra é a única que não é totalmente fermentada pelo trânsito intestinal, promovendo um efeito laxativo. Assim, o consumo do psyllium é indicado para:

  • Diminuir a constipação intestinal
  • Melhorar hemorroidas
  • Regularizar o trânsito intestinal
  • Reduzir o nível de glicose pós-prandial, ajudando na prevenção do diabetes
  • Controlar a diarreia
  • Contribuir para o aumento da saciedade
  • Contribuir para o tratamento do intestino irritável
  • Ajudar a regular os níveis de colesterol

Psyllium emagrece?

Essa é uma das principais dúvidas entre as pessoas que querem perder peso: o psyllium emagrece? Apesar de esta não ser a sua principal função, a fibra pode contribuir para o processo de emagrecimento sim, já que ajuda a aumentar a sensação de saciedade, controlando a fome. No entanto, é importante lembrar que o consumo isolado do psyllium não ajuda a perder peso, devendo estar associado a uma alimentação saudável e à prática regular de exercícios físicos.

Como consumir psyllium

É possível encontrar psyllium cápsulas ou psyllium em pó. O recomendado é consumir o psyllium cerca de 30 minutos antes das principais refeições. A quantidade pode variar de acordo com cada fabricante ou conforme indicação do médico ou nutricionista.

Ao consumir o psyllium, é muito importante aumentar a ingestão de água para não obter o efeito contrário.

Psyllium na doença celíaca

O consumo do psyllium pode ser uma alternativa para pessoas com  doença celíaca, pois esta fibra apresenta características parecidas com as do glúten, podendo ser utilizada em diversas preparações, como pães, massas, bolo e pizza.

Psyllium: contraindicações

O consumo do psyllium não é indicado para quem apresenta quadro recorrente de problemas intestinais. Nesses casos, recomenda-se buscar orientação de um nutricionista ou médico.



Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.