Tomar muito café faz mal?

Tomar muito café faz mal?

O café é uma das bebidas mais consumidas no mundo todo e, além de ser muito apreciada por seu sabor e aroma, é também fonte de muitos nutrientes e agrega muitos benefícios à nossa saúde. Mas será que a quantidade ingerida precisa de atenção?

Para alguns indivíduos, o consumo em altas doses de café faz mal, trazendo alguns efeitos indesejáveis. Conheça quais são eles e a dose sugerida, confira também as propriedades e benefícios do café.

Propriedades e Benefícios do Café

Os componentes mais conhecidos do café são: os ácidos clorogênicos, trigonelina e a famosa cafeína e quando consumido com moderação, pode trazer grandes benefícios à saúde. 

Os antioxidantes presentes na bebida, auxiliam na prevenção do envelhecimento celular e na formação de radicais livres, protegendo o organismo contra vírus e bactérias, reduzindo o estresse oxidativo das células e inflamação.

Além da ação antioxidante dos ácidos clorogênicos, eles são os responsáveis por conferir sabor e aroma característicos ao café. 

A trigonelina atua no sistema nervoso central, secreção da bile e também na motilidade intestinal. Durante a torração do café, esta substância, se converte em vitamina B3 (niacina) e torna a bebida ainda mais nutritiva. 

A cafeína, por sua vez, é um composto encontrado no café, mas também em chás e até refrigerantes. Ela é muito conhecida por seu papel estimulante no organismo, auxiliando em diversos aspectos, tais como:

  • Melhora do rendimento no esporte
  • Redução da fadiga e cansaço 
  • Melhora do foco e concentração

A cafeína ainda pode influenciar no efeito diurético, aumentar a taxa metabólica influenciando no aumento do metabolismo e emagrecimento, além de atuar no relaxamento da musculatura dos brônquios, sistema vascular e musculatura do trato gastrointestinal, estimulando o bom funcionamento do intestino. 

Há evidências científicas positivas em relação ao consumo de café, no que diz respeito à melhora da resistência à insulina, crises de asma, cirrose alcoólica e até mesmo doenças como Parkinson e Alzheimer, seguidas de acompanhamento médico e nutricional adequados. 

Café faz mal?

Quando o assunto é excesso de cafeína, os estudos mostram diferenças entres as doses recomendadas, uma vez, que devemos considerar a individualidade de cada pessoa e a sua sensibilidade à bebida. 

Para alguns indivíduos, o consumo em altas doses, várias vezes ao dia, pode causar:

  • Dores de cabeça
  • Insônia
  • Irritabilidade
  • Agitação motora
  • Diarreia 
  • Palpitações do coração

De modo geral, o consumo moderado de café (50-300 mg – de 3 a 5 xícaras ao dia) parece não acarretar danos à saúde, em indivíduos saudáveis. Mas, devemos considerar a sensibilidade de cada indivíduo. Nestes casos, o café descafeinado, apesar de poder apresentar possíveis reduções dos nutrientes presentes no café, pode ser uma opção àqueles que apresentam sensibilidade, mas gostam da bebida. 

Referências:

https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-40422009000800031

https://www.scielo.br/pdf/pab/v43n12/v43n12a22.pdf

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.